Pages

Saturday, June 16, 2007

The line is a dot to you*

Estou cansada de dizer que estou cansada. Farta de despertadores e páginas teóricas insípidas. Por mais que corra e que não me deixe vencer o horizonte não fica mais próximo. E quando penso que tudo está finalmente encaminhado, que cada diz falta menos... algo acontece, trabalhos para entregar mesmo depois do começo das férias. E eu suspiro e digo que sim - quer dizer é a minha nota - como dizer que não? E lá fora chove. Já nem com sol posso contar! Este tempo dá-me vontade de chorar com ele, só para aliviar as minhas nuvens. Trinta e dois é um número muito grande. Até dezasseis é grande. E no meio deste vendaval pútrido não existe tempo suficiente para o que tenho que fazer, mas há demais até às coisas que quero fazer.
"Tomorrow and tomorrow and tomorrow, time creeps on its petty pace."
Macbeth, William Shakespeare
*Joey, Friends, 4th Season, The one where Chandler crosses the line

1 comment:

xary said...

adoro a frase que puseste no título e compreendo parte do desespero do último mês e digo que compreendo parte porque não me esforcei tanto como devia e cheguei mais rapidamente ao meu limite. e dali não passei. de qualquer das formas, é a esse desespero que nos agarramos nos últimos tempos para terminar os afazeres e dar espaço a outros assuntos mais gostosos.

agora o pior já passou :) e a contagem decrescente começa a entrar na recta final! :)

beijo grande *