Pages

Monday, April 07, 2008

Fora do casulo

Assim que o piano começou a tocar pensei "E se... se por uma vez eu desse tudo o que está cá dentro? E se eu me arriscar a ser a melhor?, a fazer o melhor de mim?" Então, naquela fracção de segundo acenei a mim mesma e soltei as amarras. Deixei a voz correr sozinha para o fundo de uma amargura que não é minha. Para uma tristeza que não possuo. Para personagens que não tinham a minha voz. O que eu fiz naquela tarde de sábado, o salto que consegui dar é, mais uma vez, do vosso mérito. Sem os KEP eu ainda estaria dentro do casulo dos meus sonhos. Obrigada.

1 comment:

Tati said...

ainda bm i guess...o bichinho tem d sair d casulo p se trnar 1 borboleta:)