Pages

Monday, June 09, 2008

Bons tempos

Tenho saudades da dor. Da ressaca muscular do dia seguinte. De treinar e treinar e treinar horas a fio. De ouvir a música até não poder mais. Tenho saudades de me faltar o ar, de ter as pernas a tremelicar de cansaço e os pés vermelhos e cheios de bolhas por causa das tiras dos sapatos. De me doerem músculos que nem me lembrava que tinha. De fazer a coreografia do princípio ao fim. De ouvir a Tania gritar que há um pé no sítio errado ou um cabeça fora de tempo. De fazer tudo, do princípio ao fim, em cima do palco com quarenta e tal pares de olhinhos avaliando cada pormenor. Tenho saudades de sentir o corpo no limite.

1 comment:

xary said...

porque no limite é que ele se sente acordado para a vida que nele flui :)

beijo grande *