Pages

Sunday, June 01, 2008

Granted...

há dias em que é estranho sentir que parte de mim ficou presa na adolescência. Também há dias em que isto se sente como um empecilho, um fardo que só vai tornar uma relação afectiva que sabe-se lá quando é que virá a acontecer mais periclitante. No entanto a vida é mesmo assim e estou grata por nunca ter acontecido nada antes, pois provalmente teria sido pelos motivos errados (e eu dispenso cicatrizes emocionais). O importante é que sinto uma enorme paz interior, pois já não acredito em momentos perfeitos e muito menos em principes encantados. Agora só procuro o especial. Não, não procuro. Deixo a vida correr e acontece quando tiver de ser. Porque descobri que há pessoas que precisam de crescer sozinhas e amadurecerem por si para serem verdadeiramente saudáveis no plano emocional. Desejar um amor destinado a ser uma bengala é inútil. Eu não tinha nada para dar.

Cause I was still cookie dough (not done baking).

2 comments:

sancie said...

Things go as they go and that's that.

One should just lay back and enjoy the ride :)***

Tati said...

ora ai está...wise words manata!