Pages

Monday, December 18, 2006

Corropio natalício

Palavras minhas... minhas. Há tanto tempo que não pensava por escrito. Já tinha saudades. Não há tempo. Nunca houve muito, mas agora parece que a ampulheta ligou o turbo e o tempo passa a correr. O corropio do Natal sabe bem, é diferente, é tradicional, é alegre. Fazer a árvore de Natal, comprar prendas, fazer embrulhos, preparar a casa, fazer o almoço para a reunião familiar, lavar a baixela, comprar roupa para a passagem de ano... Organizar tempo e dinheiro. O meu e o dos outros. Cumprir com a tradição de ver os mesmos filmes de sempre... Depois infelizmente há o resto da minha vida - as sebentas, os trabalhos, os livros. Sempre ali, sempre a crescer. E o tempo não pára. A manta, o sofá e os dvds chamam-me e eu tenho ido. Não por muito mais tempo, digo a mim mesma. Estas sestas têem de acabar! Está na hora de correr o horário, picar o ponto, mostrar lucro!... Sim! Vamos acreditar que este foi apenas um fim-de-semana. Apartir da próxima manhã começam verdadeiramente as férias e o corropio do resto da minha vida.

1 comment:

xary said...

corropio. palavra mais do que apropriada. por estes lados anda calmo, antes não era assim. mas... cada coisa na sua época ;) mas acho lindo que mantenhas o espírito vivo no matter what :)

beijo grande * e feliz natal!