Pages

Tuesday, January 16, 2007

Back to me-ville!

Sabe tão bem! Voltar a mim, a minha vida, os meus problemas, a minha ginástica. Uma caneca de chá e um espreguiçar-me na cadeira. A minha vida é doce! Não é para meninas, mas depois de se lhe apanhar o jeito sabe bem. O corropio, as listas, os horários, sonhos anotados, suspiros roubados aqui e ali, até o cabecear de cansaço em frente ao monitor às três da manhã. E não importa que o amanhã traga pouco porque o agora já é tão cheio, tão sumarento... Aprendi a amar o meu cabelo apanhado para as leituras, as canetas em desalinho pela secretária, as sebentas que todos os dias tocam à porta da minha consciência... A promessa das sestas de Verão, dos livros que crescem à minha beira...
Já tinha saudades de mim...

3 comments:

Anonymous said...

opah finalmente! respirar fundo, deixar o corpo cair e ser-nos. uns minutos alargados pelo que parece ser todo o tempo deste mundo.

depois das tempestades, dos desesperos. sorrir calmamente e saber que se está pronta para outra. toca a girar o carrossel :)

beijo grande *

tati said...

ora bem!

marina said...

o ser humano tem um grande poder de adaptação. e depois o sonho de melhores dias bate-nos sempre à porta :)

*****