Pages

Wednesday, February 07, 2007

Saudades

Tenho medo do tempo que nos escapa. Do tempo que nos molda. Medo que possa fazer de nós pessoas cada vez mais diferentes. Assusta-me a possibilidade de vos ver a escaparem-se-me pelos dedos como um punhado de areia. Olho para trás e gosto tanto do que relembro... Podemos roubar uma noite ao tempo? Voltar àqueles dias? Limpar o pó a private jokes antigas, criar memórias novas...
[so I'm a crying baby, what else is new?]

2 comments:

tati said...

talvez seja o tempo de «preparação» do que vem ai...daqui a não mt tempo vai cada um para seu caminho ...trabalhari! vai mas trabalhari!lolol

xary said...

é uma saudade (e um medo) para a qual não se consegue encontrar o switch off button. carrega-se dentro de nós sempre, infelizmente. e no 'final', só compete às pessoas envolvidas. mas acho que é melhor haver consciência de que certas coisas têm o seu tempo e que mesmo que não seja como foi, o sentimento permanece. e sim, talvez seja altura de criar memórias novas. mais adequadas a hoje. :)

beijo *