Pages

Wednesday, November 29, 2006

Quem conta um conto...

Quando um grupo de jovens de vinte anos se reúne à hora de almoço e resolve fazer uma composição em conjunto - deixando apenas a última paravra à vista para que a próxima continue - o resultado é este:
Um croissant de chocolate ia pela rua muito descontraído quando o tecto caíu, todos ficaram espantados e choravam muito. Muito barulho se fez nessa noite, o João sabia que a feira da carne no Feira Nova é à quarta-feira. O senhor doutor estava fascinado com o estado do seu paciente e disse: "Ouve lá, onde é que estavas no 25 de Abril?" Ele respondeu que ainda não era nascido. Mas morreu muito depressa e a verdade é que ninguém estava a ver as palhaçadas que ele fazia no meio da rua. O que ele fazia à noite também não era bonito. Mas bonito, bonito era o gato da vizinha. Esta viu um gato na janela e gritou pois tinha alergia a todo o tipo de frutos secos, pelo que não conseguia sequer abrir nozes muito amargas e cuspiu tudo para o chão. Bolas! Cai-me tudo das mãos. Sou um desastre ambulante. Então apareceu o Tinóní e deu um pontapé na Floribella, que morreu de osteoporose e o seu corpo foi parar à Nova Zelândia porque ninguém o queria em Portugal.
FIM
Contributos:
Joana Silva
Inês Simão
Marina Calado
Joana Manata
Tatiana Salvador

5 comments:

marina said...

ahhahahahahahahahahahahaha

*desmanxa-se a rir*

muito muito bom!!!!

=D *************

Sari said...

bonito bonito...lolololol


tb m parti a rir! lol

;)=D

**

sancie said...

LOLOLOL

cause we're that brilliant! :D

**************

xary said...

isto promete ... ;) hehe

essas mentes distorcidas juntas, ui ui, cuidadinho. lol

deu para rir e não foi pouco :)

beijo grande *

Anonymous said...

Aprendi muito